Eletrodos Revestidos para Solda Elétrica 

Foram encontrados 4 produtos.

Subcategorias

  • Eletrodo Revestido de...

    Eletrodos Revestidos para Solda Elétrica em Aço Carbono como os eletrodos de norma E6013 (Ok46) ou 7018 (ok48), você encontra aqui!

Mostrando 1 a 4 de 4 itens
Mostrando 1 a 4 de 4 itens
Eletrodos Revestidos para Solda Elétrica

Eletrodos Revestidos para Solda Elétrica de diferentes ligas em Aço-carbono, Alumínio, Inox e outras ligas especiais. São ligas 6013, 7018, Ok46, OK 48, 308L, entre outros.

Todos os processos de soldagem por arco elétrico precisam de algum tipo de proteção para evitar contaminações da atmosfera, a menos que se solde em uma câmara de vácuo, o que é economicamente inviável. Na soldagem com eletrodo revestido, a queima do revestimento dos eletrodos é responsável pela proteção gasosa.

Um eletrodo sem revestimento e sem nenhum outro tipo de proteção perde parte de seus elementos após a fusão e deposita um metal nitretado e oxidado, cujas propriedades mecânicas terão um valor relativamente inferior ao das chapas de aço de baixo teor de carbono. Estes dois elementos químicos, nitrogênio e oxigênio, são os que mais influenciam a deterioração das propriedades.

A atmosfera da poça de fusão é influenciada pela presença de oxigênio e nitrogênio no ar

Durante a fusão de um eletrodo sem revestimento, a maior parte do carbono e do manganês contidos no aço do eletrodo é queimada durante a operação de soldagem, o que naturalmente influencia as propriedades mecânicas do metal depositado, já que as propriedades de um aço dependem basicamente do seu teor de carbono e manganês. O carbono transforma-se em óxido de carbono (CO), e em dióxido de carbono (C02), enquanto que o manganês transforma-se em óxido de manganês (Mn304). O silício, extremamente ávido pelo oxigênio, queima-se igualmente, dando origem a uma escória de sílica (Si02).

Eletrodo revestido

O eletrodo revestido é um condutor metálico que permite a passagem de uma corrente elétrica. É constituído por um núcleo metálico chamado alma, envolvido por um revestimento composto de matérias orgânicas e/ou minerais, com dosagens bem definidas.

O material de que é feita a alma independe do material a ser soldado; pode ser da mesma natureza do metal de base ou não, uma vez que há a possibilidade de utilizar revestimentos que complementem a composição química da alma. Os revestimentos são muito mais complexos em sua composição química, pois têm diversas funções que são conseguidas pela mistura dos diversos elementos adicionados.Um quadro mostra os materiais da alma do eletrodo mais adequados à soldagem de aços e ferros fundidos. Fonte: Info Solda - Eletrodos Revestidos

eletrodo.jpg