Peças para Tochas TIG 

Foram encontrados 6 produtos.

Subcategorias

  • Bocais para Tochas de...

    Bocais para Tochas de Solda TIG de diferentes tamanhos, para tochas pequenas e normais, com fluxo normal ou lamelar, você encontra aqui!

    Bocais

    Objetivo - produzir um fluxo laminar do gás de proteção. Os aspectos mais importantes nos bocais são suas dimensões e perfis. Os bocais devem ser largos o suficiente para prover cobertura da área de soldagem pelo gás e devem estar de acordo com o volume e a densidade necessária do gás no processo. 

    Tabela Bocais

    Os bocais são produzidos em diversos comprimentos, sendo que os mais longos provêm um fluxo mais firme e menos turbulento. Outro recurso utilizado na melhoria do fluxo são “gas lens”, que asseguram um fluxo laminar do gás de proteção, através de sua estrutura porosa que é fixada ao redor do eletrodo. Desta forma, elas permitem ao operador trabalhar com a extremidade da tocha a uma maior distância da peça, auxiliando na visualização e facilitando o trabalho em locais de difícil acesso para a tocha, como cantos. Fonte: MecanicaUfu

  • Pinças ou Corpo...

    Pinças ou Corpo Fixador para Tochas TIG, também conhecidas por Corpo Fixadores, você encontra aqui! Suporte ao Eletrodo de Tungstênio e sua espessura depende do eletrodo usado.

  • Difusores de Gás para...

    Difusores de Gás para Tochas TIG são Acessórios para Tochas TIG que difundem o gás. Modelos de Difusores pequenos, normais e Difusores Gás Lens. Encontre aqui! Envolve o bocal de Cerâmica e suporte a Pinça ou Corpo Fixador. 

    TIG é o processo de soldagem ao arco elétrico com proteção gasosa que utiliza eletrodo de tungstênio, um gás inerte, para proteger a poça de fusão. O nome TIG é uma abreviação de Tungsten Inert Gas (gás inerte tungstênio), em que tungstênio é o material de que é feito o eletrodo e gás inerte refere-se ao gás que não reage com outros materiais. Na Alemanha, o processo TIG é conhecido como WIG, sigla de Wolfranium Inert Gas. O processo TIG apresenta variantes, tais como a soldagem TIG por pontos, TIG por corrente pulsada e TIG com arame quente ou "hot wire". O processo TIG também é conhecido por GTAW ou Gas Tungsten Are Welding (soldagem a arco com gás tungstênio).

     tig.jpg

    No processo TIG, o aquecimento é obtido por meio de um arco elétrico gerado com auxílio de um eletrodo não consumível de tungstênio o qual não deve se fundir para evitar defeitos ou descontinuidades no cordão de solda. O eletrodo e a poça de fusão são protegidos por uma atmosfera gasosa constituída de gás inerte, isto é, um gás que não reage com outros materiais, ou uma mistura de gases inertes, geralmente argônio ou hélio.

    O processo TIG permite soldar materiais com ou sem material de adição. Dependendo da aplicação da solda, é possível adicionar material à poça de fusão; nesse caso, o material deverá ser compatível com o metal de base.

    O processo TIG foi desenvolvido na década de 40 para soldagem de aços inoxidáveis e de ligas de alumínio e magnésio; atualmente, é utilizado para soldar praticamente todos os metais.

    Aplicação

    O processo TIG é utilizado na soldagem de todos os tipos de juntas e chapas, principalmente as de espessura menor que 10mm. É um processo adequado a quase todos os metais, em especial titânio, zircônio, ligas de alumínio e magnésio, aços ligados, inoxidáveis, ligas de níquel e ligas especiais. É um processo bastante utilizado para soldagem de tubos, na indústria aeroespacial e nuclear e em trabalhos de reparação devido à facilidade em controlar o processo e à possibilidade de utilizar material de adição.

    vantagens

    Este processo tem a vantagem de apresentar cordões de solda de alta qualidade, sem escória e sem respingos e pode ser empregado em todas as posições e tipos de junta. Em razão de admitir um controle preciso de entrega térmica, a soldagem TIG é a mais adequada para unir metais de pequena espessura, para fazer cordões em componentes sensíveis ao calor, para trabalhos de manutenção e também para soldar pontos em chapas finas.

    desvantagens

    Uma desvantagem no processo TIG é que o trabalho só pode ser realizado em local coberto ou protegido; se utilizada no campo, a soldagem TIG sofre a influência da circulação de ar no local e a proteção fornecida pelo gás inerte é prejudicada; outra desvantagem é que na soldagem de chapas grossas sua produtividade é baixa. Fonte: Info Solda

  • Eletrodos de...

    Eletrodos de Tungstênio para TIG com pontas Vermelha de Tório, Verde Puro, Azul ou Cinza, encontre aqui! Eletrodo de solda não consumível usado para a criação do arco de solda para a inserção do consumível Vareta TIG.

    Apesar de não serem fundidos para fazer parte do cordão de solda, os eletrodos utilizados na soldagem TIG sofrem desgaste, sendo, por isso, enquadrados como consumíveis do processo . Fornecidas com 150 a 175 mm de comprimento de tungstênio puro ou com pequenas adições de óxidos de tório (denominado tória), de zircônio (zircônia), de lantânio (lantânia), de cério (céria), ou ainda de outras terras raras. 

    Afiação do eletrodo - facilita a emissão de elétrons por Efeito Termiônico (além da ponta facilitar o aquecimento por ter menos volume, há o efeito emissivo das “pontas”) e por garantir um arco estável. Uma forma de manter a ponta do eletrodo afiada durante a soldagem é por meio da seleção correta do tipo de eletrodo. Polaridade direta (eletrodo negativo), aplicadas em aços ao carbono e inoxidáveis, os eletrodos dopados com tória, lantânia ou céria são recomendados justamente pela capacidade de manter a ponta afiada em ângulo. Facilita a abertura de arco e confere maior estabilidade à soldagem. Corrente alternada, aplicadas em alumínio e ligas similares, maior aquecimento da ponta do eletrodo. - Eletrodo de tungstênio puro, a ponta do eletrodo se funde, ficando com uma forma abaulada. Apesar da perda de afiação é utilizado em soldagem a plasma. - Óxido de zircônio (zircônia), componente que, também por facilitar a emissão termiônica, reduz a temperatura de trabalho do eletrodo, mas sem conseguir evitar a fusão da ponta. São utilizados no processo a plasma, porém são mais caros. Fonte: MecanicaUfu

Mostrando 1 a 6 de 6 itens
Mostrando 1 a 6 de 6 itens
Peças para Tochas TIG

Peças para Tochas TIG, como Bocais de Cerâmica, Pinças, Eletrodos de Tungstênio, Tampas e Difusores você encontra aqui!

As Tochas TIG possuem internamenle uma pinça. que serve para segurar o eletrodo de tungstênio e fazer contato elétrico e que deve ter um tamanho adequado para cada diâmetro de eletrodo. Elas possuem ainda bocais para direcionamento do fluxo de gás, que podem ser cerâmicos ou metálicas e são fornecidos em diversos diâmetros. O diâmetro do eletrodo e do bocal deve ser ascolhndo em função da espessura da peça a ser soldada e da corrente de soldagem a ser usada. A figura mostra uma Tocha tig soldagem TIG típica e suas peças e acessórios. Fonte: Soldagem - Fundamentos e Tecnologia

Resultado de imagem para exploded view tig gun