Peças e Acessórios 

Foram encontrados 35 produtos.

Subcategorias

  • Peças para Tochas TIG

    Peças para Tochas TIG, como Bocais de Cerâmica, Pinças, Eletrodos de Tungstênio, Tampas e Difusores você encontra aqui!

    As Tochas TIG possuem internamenle uma pinça. que serve para segurar o eletrodo de tungstênio e fazer contato elétrico e que deve ter um tamanho adequado para cada diâmetro de eletrodo. Elas possuem ainda bocais para direcionamento do fluxo de gás, que podem ser cerâmicos ou metálicas e são fornecidos em diversos diâmetros. O diâmetro do eletrodo e do bocal deve ser ascolhndo em função da espessura da peça a ser soldada e da corrente de soldagem a ser usada. A figura mostra uma Tocha tig soldagem TIG típica e suas peças e acessórios. Fonte: Soldagem - Fundamentos e Tecnologia

    Resultado de imagem para exploded view tig gun

  • Peças para Tochas MIG/MAG

    Peças para Tochas MIG/MAG como Bocais, Bicos de Contato, Difusores, Molas, Isoladores, Porta-bocais, Corpos de Tochas, Conduítes, Guias Espirais, entre outros, você encontra aqui!

    A Figura abaixo mostra as partes de uma tocha seca típica (tocha convencional ou refrigerada pelo gás de proteção) com extremidade curva, contendo os seguintes acessórios: bico de contato; bocal; conduíte; cabo.

    ABAAAATvgAC-11.jpg

    Tocha MIG/MAG típica

    O bico de contato é fabricado de cobre e é utilizado para conduzir a energia de soldagem até o arame bem como dirigir o arame até a peça. A tocha (e também o bico de contato) é conectada à fonte de soldagem pelo cabo de solda. Como o arame deve ser alimentado facilmente pelo bico de contato e também fazer um bom contato elétrico, seu diâmetro interno é importante. O folheto de instruções fornecido com cada tocha relaciona o diâmetro correto do bico de contato para cada diâmetro de arame. O bico de contato, que é uma peça de reposição, deve ser preso firmemente à tocha e centrado no bocal.

    O bocal direciona um fluxo de gás até a região de soldagem. Bocais grandes são usados na soldagem a altas correntes onde a poça de fusão é larga. Bocais menores são empregados na soldagem a baixas correntes.

    O conduíte é conectado entre a tocha e as roldanas de alimentação. Ele direciona o arame à tocha e ao bico de contato. É necessária uma alimentação uniforme para se obter a estabilidade do arco. Quando não suportado adequadamente pelo conduíte, o arame pode se enroscar. Quando se usam arames de aço, recomenda-se que a espiral do conduíte seja de aço. Outros materiais como nylon e outros plásticos devem ser empregados para arames de alumínio. A literatura fornecida com cada tocha lista os conduítes recomendados para cada diâmetro e material do arame. Fonte: Ebah - Tochas de Soldagem MIG MAG

  • Peças para Máquinas de...
  • Cabos
  • Peças para Tochas de...

    Peças para Tochas Plasma como Eletrodos, Difusores e Bocais para CUT40, CT416 e outras máquinas de Plasma

    O Processo de Corte Plasma foi desenvolvido desde os anos 50 para cortar metais condutores, principalmente o aço inoxidável e o alumínio. Hoje é o processo com maior crescimento na indústria, nas instalações industriais e nas oficinas em geral como excelente ferramenta para o corte de metais, em virtude da velocidade e precisão do corte.

    Definição de Plasma

    Os três estados da matéria são sólido, líquido e gasoso. Para a substância mais conhecida, a água, temos o gelo, água e vapor. Se adicionarmos energia em forma de calor ao sólido (gelo), teremos a mudança de estado para o líquido (água) e se mais calor for adicionado teremos o gás (vapor). Quando uma quantidade substancial de calor for adicionado ao gás, este se transforma em plasma.

    Plasma é um gás eletricamente condutor. A ionização dos gases gera a criação de elétrons livres e de íons positivos junto com os átomos de gás. Quando isso ocorre, o gás torna-se elétricamente condutor, com a característica de transportar corrente, tornando-se assim o plasma.

    Figura 2 – Tocha Plasma

    Um exemplo de plasma, como aparece na natureza é o relâmpago. Como a tocha plasma, o relâmpago conduz eletricidade de um lugar a outro. No relâmpago, os gases do ar são gases ionizados. 

    Cortando com o Plasma

    O corte a Plasma é um processo que utiliza um bico com um orifício para constrigir o gás ionizado em alta temperatura até que possa se utilizado para cortar secções de metais, como o aço carbono, aço inoxidável, o alumínio e outros metais eletricamente condutores. O arco Plasma derrete o metal, e a alta velocidade do gás remove o material derretido.

    Segue exemplo da técnica de operação do corte de metais por PLASMA:

    processo-corte-plasma-4.gif



    Fonte: Metalica Corte Plasma

  • Acessórios para Gases

    Acessórios para gases, como reguladores, bibímetros, porcas e nípeis, você encontra aqui!

Mostrando 1 a 35 de 35 itens
Mostrando 1 a 35 de 35 itens
Peças e Acessórios

Peças e Acessórios para Solda, como bicos, bocais, reguladores, peças de máquinas e placas, você encontra aqui!

As Tochas de Solda TIG possuem internamenle uma pinça. que serve para segurar o eletrodo de tungstênio e fazer contato elétrico e que deve ter um tamanho adequado para cada diâmetro de eletrodo. Elas possuem ainda bocais para direcionamento do fluxo de gás, que podem ser cerâmicos ou metálicas e são fornecidos em diversos diâmetros. O diâmetro do eletrodo e do bocal deve ser ascolhndo em função da espessura da peça a ser soldada e da corrente de soldagem a ser usada. A figura mostra uma Tocha tig soldagem TIG típica e suas peças e acessórios. Fonte: Soldagem - Fundamentos e Tecnologia

Resultado de imagem para exploded view tig gun

Peças de Tochas de Solda MIG

A Figura abaixo mostra as partes de uma tocha seca típica (tocha convencional ou refrigerada pelo gás de proteção) com extremidade curva, contendo os seguintes acessórios: bico de contato; bocal; conduíte; cabo.

ABAAAATvgAC-11.jpg

Tocha MIG/MAG típica

O bico de contato é fabricado de cobre e é utilizado para conduzir a energia de soldagem até o arame bem como dirigir o arame até a peça. A tocha (e também o bico de contato) é conectada à fonte de soldagem pelo cabo de solda. Como o arame deve ser alimentado facilmente pelo bico de contato e também fazer um bom contato elétrico, seu diâmetro interno é importante. O folheto de instruções fornecido com cada tocha relaciona o diâmetro correto do bico de contato para cada diâmetro de arame. O bico de contato, que é uma peça de reposição, deve ser preso firmemente à tocha e centrado no bocal.

O bocal direciona um fluxo de gás até a região de soldagem. Bocais grandes são usados na soldagem a altas correntes onde a poça de fusão é larga. Bocais menores são empregados na soldagem a baixas correntes.

O conduíte é conectado entre a tocha e as roldanas de alimentação. Ele direciona o arame à tocha e ao bico de contato. É necessária uma alimentação uniforme para se obter a estabilidade do arco. Quando não suportado adequadamente pelo conduíte, o arame pode se enroscar. Quando se usam arames de aço, recomenda-se que a espiral do conduíte seja de aço. Outros materiais como nylon e outros plásticos devem ser empregados para arames de alumínio. A literatura fornecida com cada tocha lista os conduítes recomendados para cada diâmetro e material do arame. Fonte: Ebah - Tochas de Soldagem MIG MAG

              Bocais Solda MIG

A taxa de vazão do gás depende do tamanho do bocal da tocha e varia entre 4 e 40 litros/min, entretanto as taxas mais usadas são de 7 a 12 lit./min.

Tochas que usam corrente acima de 200 A usam água para esfriar o bocal. O resfriamento a água aumenta, consideravelmente, a vida útil do tubo de contato e do bocal de gás. Sistemas para trabalho pesado ou automatizados também possuem tubos de contato resfriados à água. Tochas com sistemas refrigerados possuem um mecanismo de segurança que interrompe a corrente quando o fluxo de água para, o que protege a tocha do super aquecimento no caso de uma interrupção repentina do fluxo de água.

Além do ajuste da tensão é também necessário a escolha das outras variáveis de soldagem para controlar o processo a fim de se obter os resultados esperados. Estas variáveis são a velocidade de alimentação do eletrodo, a distância do bocal à peça, o stickout, a inclinação de trabalho do eletrodo, e o fluxo de gás. Essas variáveis requerem uma monitoração constante por parte do operador. A velocidade se soldagem, a posição de soldagem e o diâmetro do eletrodo também influenciam consideravelmente na geometria do cordão de solda.

Resultado de imagem para bocal de solda mig processo montagem

Fonte: Ebah - Soldagem MIG/MAG

Bico de Contato Solda MIG

É importantíssimo utilizar bico de contato de boa qualidade e no diâmetro correspondente ao tipo e diâmetro do arame. Não usar o bico de contato correto é fatal. Respingos, arco instável, solda irregular, penetração irregular, queda da produção, insatisfação do soldador são “ apenas “ alguns dos inconvenientes (que, acreditem geram um alto custo) e que podem ser minimizados simplesmente pelo uso de um bico de contato de boa qualidade e correto. Em muitas situações, o próprio equipamento de solda é colocado sob suspeita.

O suprimento de corrente elétrica da tocha é fornecido por um tubo de liga de cobre chamado de tubo de contato ou bico de contato. Tubos de diferentes diâmetros são encaixados para diferentes diâmetros de eletrodo para que se atinja um melhor contato elétrico.

A velocidade de alimentação do arame que o operador seleciona antes da soldagem determina a corrente de soldagem. Esse parâmetro pode ser alterado sobre uma faixa considerável antes que o comprimento do arco mude o suficiente para fazer o arame tocar na peça ou queimar o bico de contato. Fonte: Questoes Tecnicas de Soldagem MIG

Peças de Corte Plasma

O Processo de Corte Plasma foi desenvolvido desde os anos 50 para cortar metais condutores, principalmente o aço inoxidável e o alumínio. Hoje é o processo com maior crescimento na indústria, nas instalações industriais e nas oficinas em geral como excelente ferramenta para o corte de metais, em virtude da velocidade e precisão do corte.

Definição de Plasma

Os três estados da matéria são sólido, líquido e gasoso. Para a substância mais conhecida, a água, temos o gelo, água e vapor. Se adicionarmos energia em forma de calor ao sólido (gelo), teremos a mudança de estado para o líquido (água) e se mais calor for adicionado teremos o gás (vapor). Quando uma quantidade substancial de calor for adicionado ao gás, este se transforma em plasma.

Plasma é um gás eletricamente condutor. A ionização dos gases gera a criação de elétrons livres e de íons positivos junto com os átomos de gás. Quando isso ocorre, o gás torna-se elétricamente condutor, com a característica de transportar corrente, tornando-se assim o plasma.

Figura 2 – Tocha Plasma

Um exemplo de plasma, como aparece na natureza é o relâmpago. Como a tocha plasma, o relâmpago conduz eletricidade de um lugar a outro. No relâmpago, os gases do ar são gases ionizados. 

Cortando com o Plasma

O corte a Plasma é um processo que utiliza um bico com um orifício para constrigir o gás ionizado em alta temperatura até que possa se utilizado para cortar secções de metais, como o aço carbono, aço inoxidável, o alumínio e outros metais eletricamente condutores. O arco Plasma derrete o metal, e a alta velocidade do gás remove o material derretido.

Segue exemplo da técnica de operação do corte de metais por PLASMA:

processo-corte-plasma-4.gif



Fonte: Metalica Corte Plasma